quarta-feira, 2 de abril de 2008

A VIDA EM QUALQUER MOMENTO!

São os Atos que dão um significado a vida (independente de serem coerentes com o discurso ou não), na imensa biblioteca gestual que possuímos. Por este motivo fico horrorizado,quando vejo que existem pessoas que são contra a pesquisa de células embrionárias (com menos de uma quinzena), que poderiam salvar milhares devidas e curar milhões de moléstias.

Em um planeta onde ainda não foi erradicada a mortalidade infantil e a fome impera.

O discurso dos "contrários" é de causar asco. Sob um manto pseudo-religioso afirmam estar protegendo a vida. Esta peça oratória está na realidade recheada de ironia(1)

Não vejo nestes "elementos" que fingem ser arautos da civilidade, a mesma determinação contra a miséria, a violência ou a discriminação.

"Todo mundo é capaz de dominar uma dor exceto quem a sente" - "William Shakespeare"

Não tenho nenhuma preocupação com os não nascidos,
temo é pelo sofrimento dos que ainda estão vivos.

CÃRIÙÁ - TaTaRaNa

1)"Modo de exprimir-se que consiste em dizer o contrário daquilo que seestá pensando ou sentindo, ou por pudor em relação a si próprio ou comintenção depreciativa e sarcástica em relação a outrem. " - "Aurélio"

Um comentário:

Anônimo disse...

Legal